Fachadas ventiladas
Sorry, we couldn't find any images attached to this page.

Fachada ventilada é um termo que designa um sistema de protecção e revestimento exterior de edifícios. Nesta solução, os materiais de acabamento estão afastados da parede do edifício resultando numa câmara onde o ar se movimenta livremente. Diz-se "ventilada" porque se cria um efeito chaminé onde o ar entra frio pela parte inferior e sai quente pela parte superior. Deste modo, com o fluxo de ar da parede, evitam-se humidades e condensações características das fachadas tradicionais e consequentemente alcança-se um maior conforto térmico.

Os materiais de acabamento resultam num revestimento descontínuo exterior fixado mecânicamente a uma subestrutura independente (pontual ou linear). Por sua vez, esses elementos são fixos à parede ou à estrutura principal. Como materiais de revestimento e acabamento poderão ser colocados elementos em pedra, painéis de resinas fenólicas, painéis sílico-calcarios, painéis metálicos lacados, entre outros. Outras soluções menos populares no nosso país, como as placas vinílicas ou "vinyl siding", poderão também ser aplicadas.

As juntas entre os elementos do revestimento descontínuo poderão ser mantidas abertas, ser fechadas por perfis ou ser realizadas por encaixe ou sobreposição.

Vantagens

Alistamos algumas vantagens dos sistemas de fachada ventilada:

  • Devido à ventilação natural, é evitado o aquecimento excessivo provocado pela radiação solar protegendo os elementos estruturais e evitando gretas e fissuras nas paredes;
  • Melhora o comportamento térmico da fachada por corrigir as pontes térmicas;
  • Ao transferir o ponto de orvalho para o exterior das paredes, reduz o risco de formação de condensações intersticiais;
  • Melhora a durabilidade do edifício por reduzir a sua oscilação térmica
  • Resulta em numa poupança energética substancial.

Aplicação no sistema LSF

A maioria dos edifícios construídos em Portugal com estrutura ligeira em aço recebem um sistema ETICS como acabamento final. Esta opção tem vantagens consideráveis e mantém o aspecto tradicional mais usado no nosso país. No entanto, as fachadas ventiladas constituem uma alternativa de revestimento, especialmente nos casos de edifícios destinados a objectivos distintos da habitação.

De modo geral, no caso de aplicação no sistema LSF, os sistemas de fachada ventilada são constituídos pelo (1) revestimento exterior descontínuo, (2) câmara de ar ventilada, (3) subestrutura pontual ou linear, (4) isolamento térmico, (5) tela impermeável e transpirável se necessária e, finalmente, (5) a estrutura principal revestida por placas estruturais.

Nestes casos onde a fachada é ventilada sendo, portanto, constituída por revestimento descontínuo e separado da estrutura em perfis de aço e do seu revestimento estrutural, será necessário impermeabilizar. Uma solução comum é a aplicação de tela ou membrana impermeável e transpirável, fixa directamente ao revestimento estrutural. Tyvek é uma das marcas mais conhecidas deste tipo de telas.

Publicidade Google


Copyright © 2003-2016 FUTURENG. Todos os direitos reservados. A utilização deste site pressupõe a aceitação dos presentes termos e condições. Se não estiver de acordo com eles, não utilize este site.