Dimensões dos perfis estruturais
Sorry, we couldn't find any images attached to this page.

A expressão perfil, conforme a empregamos neste site, refere-se a peças fabricadas a partir de chapa de aço revestida com zinco pelo processo contínuo de galvanização por imersão a quente, que adquirem a sua forma final mediante um processo industrial de conformação ou moldagem a frio.

Os perfis incluem secções em C (montantes e vigas) e em U (canais), bem como cantoneiras. Todas estas peças são fabricadas a partir da mesma chapa de aço galvanizado.

Dimensões ideais e disponíveis

Mais abaixo descrevemos as dimensões das peças estruturais, nomeadamente as secções, comprimentos e espessuras. No entanto, lembramos que muitas outras dimensões poderão ser usadas numa estrutura LSF.

Por exemplo, nos Estados Unidos e em outros países onde estas estruturas são muito comuns, a dimensão do mercado permite variar a oferta. Os transformadores de aço possuem em stock dezenas de peças diferentes que se adaptam a qualquer exigência estrutural do projecto.

Em Portugal, devido ao ainda reduzido mercado, não fazia sentido disponibilizar dezenas de secções diferentes visto que isso implicaria elevados custos logísticos e de armazenagem. Assim, a tendência levou os fornecedores e construtores a reduzirem a oferta a um conjunto de quatro secções básicas em C com os seus respectivos quatro canais em U. As secções básicas usadas em Portugal são:

perfisC.jpg

Em todos os casos acima, tem sido norma fabricar as peças com a mesma dimensão da aba, usualmente 43 mm.

Espessuras

As peças que a Perfisa possui sempre em stock, garantindo o fornecimento e entrega em poucos dias a nível da Península Ibérica, são as seguintes:

Peso

Secções em C

perfis.jpg

Os perfis montantes e as vigas com fins estruturais poderão ter diversas secções. A secção dos perfis usados influirá na espessura final das paredes do edifício. Usualmente, os projectos da Futureng prevêm a utilização das seguintes secções:

Perfil C90

Trata-se de peças com secção em C, ou seja perfis com abas compostas, de quatro arestas, com uma largura exterior de 90 mm:

  • 15x43x90x43x15 mm, com uma espessura de 1,5 mm

Estes perfis costumam ser usados nas paredes interiores e na execução de tectos e asnas de cobertura de menor dimensão. Também, em alguns casos e por motivos de redução de custo, alguns clientes optaram por executar as paredes exteriores com estes perfis, reduzindo a secção das paredes e diminuindo a quantidade de isolamento térmico e acústico.

Perfil C150

Trata-se de peças com secção em C, ou seja perfis com abas compostas, de quatro arestas, com uma largura exterior de 150 mm:

  • 15x43x150x43x15 mm, com uma espessura de 1,5 mm

Estes perfis costumam ser usados nas paredes exteriores e na execução de asnas de cobertura de maior dimensão. São também usados como vigas de cobertura em telhados de pequenas dimensões e como vigas de cabeceira na maioria dos vãos de um edifício. Em Portugal, esta é a secção mais usada entre todas as peças estruturais.

Perfil C200

Trata-se de peças com secção em C, ou seja perfis com abas compostas, de quatro arestas, com uma largura exterior de 200 mm:

  • 15x43x200x43x15 mm, com uma espessura de 2 mm

Estes perfis, usualmente designados por vigas, costumam ser usados na construção de lajes de menor dimensão e de varandas. São também usadas em coberturas de dimensões médias.

Perfil C250

Trata-se de peças com secção em C, ou seja perfis com abas compostas, de quatro arestas, com uma largura exterior de 250 mm:

  • 15x43x250x43x15 mm, com uma espessura de 2,5 mm

Estes perfis, usualmente designados por vigas, costumam ser usados na construção de lajes de maior dimensão e como vigas de cobertura em telhados de maiores dimensões. Também costumam ser empregues como longarinas de escadas interiores.

Secções em U

canais.jpg

Trata-se de perfis com secção em U, ou seja perfis com abas simples, de duas arestas, com uma largura interior de 90 mm. São usualmente designados por canais ou raias. Também se costumam designar por perfis U seguidos de um número que indica a largura exterior, ou seja, o número indicado é igual ao do respectivo perfil mais a espessura de cada uma das abas.

As abas deverão ter uma dimensão mínima de 32 mm sendo usualmente comercializadas com 40 mm.

Usualmente, as duas extremidades de cada perfil montante são encastrados num canal e fixos através de um parafuso em cada aba, num total de quatro por peça. Assim, numa parede de seis metros de comprimento, por exemplo, serão aplicados 11 perfis (no caso de um espaçamento de 60 cm) e serão usados dois canais de 6 metros cada um.

Para corresponder às quatro secções básicas, os quatro canais são designados da seguinte forma:

Cantoneiras em L

Para reforçar certas conexões ou para interligar várias peças paralelas são usadas peças em L, ou seja, uma chapa dobrada numa única aresta, usualmente com abas de iguais dimensões. A Perfisa costuma ter em stock duas peças básicas:

L50

Trata-se de peças com secção em L com uma largura de 50 mm:

  • 50x50 mm, com uma espessura de 1,5 mm

L100

Trata-se de peças com secção em L com uma largura de 100 mm:

  • 100x100 mm, com uma espessura de 1,5 mm

Comprimentos

O processo de moldagem a frio da chapa de aço galvanizado para obter as secções acima descritas permite obter peças com apenas alguns centímetros até muitas dezenas de metros. O processo de quinagem limita o comprimento das peças à dimensão das máquinas empregues. Por sua vez, a moldagem em contínuo através de perfiladora, permite obter peças com dezenas de metros. Neste último caso, o limite do comprimento é estabelecido pelas dimensões físicas da fábrica e dos meios de transporte. Assim, convencionou-se fornecer perfis com uma dimensão máxima de doze metros.

Perfis C

No caso dos perfis C90 e C150, usados especialmente em paredes, a Perfisa costuma ter em stock peças com cerca de 2,70 metros com três orifícios. Estes perfis são também armazenados com comprimentos de seis e doze metros, para todas as outras aplicações. Os perfis com estas dimensões são posteriormente cortados em obra.

Vigas C

As vigas C200 e C250 costumam estar armazenadas com comprimentos de doze metros. Isto permite um melhor aproveitamento do transporte para obra. Ali são posteriormente cortadas para as dimensões necessárias. No entanto, qualquer outro comprimento pode ser fabricado, desde que o pedido seja efectuado com antecedência. Visto que estas outras dimensões têm de ser perfiladas propositadamente, isto poderá implicar um custo adicional de fabrico.

Canais U

Estas peças, por não possuírem reforços de aba, poderão dobrar ou torcer durante o manuseio caso sejam fornecidas em comprimentos excessivos. Assim, costumam estar disponíveis com um comprimento de seis metros, podendo ser fabricados com outras dimensões caso se justifique.

Cantoneiras

Estas peças, por possuírem uma única aresta, poderão dobrar ou torcer durante o manuseio caso sejam fornecidas em comprimentos excessivos. Assim, costumam estar disponíveis com um comprimento de seis metros, podendo ser fabricados com outras dimensões caso se justifique.

Catálogo

Para obter mais informações sobre as características técnicas dos perfis estruturais fornecidos pela Perfisa, encontrará um catálogo com tabelas no seguinte artigo:

Publicidade Google


Copyright © 2003-2016 FUTURENG. Todos os direitos reservados. A utilização deste site pressupõe a aceitação dos presentes termos e condições. Se não estiver de acordo com eles, não utilize este site.