Construção em altura
Sorry, we couldn't find any images attached to this page.

O Light Steel Framing é uma evolução do típico "wood framing" (estruturas em madeira) norte americano utilizado essencialmente na construção residencial unifamiliar. Assim, a legislação americana limita a altura dos edifícios integralmente construídos com perfis em aço galvanizado enformados a frio a um número reduzido de pisos, usualmente dois pisos mais sótão visitável, além da eventual cave em betão armado. Isto acontece porque os construtores usam um método prescritivo, através de tabelas pré-existentes. Assim, não recorrem a um engenheiro para o cálculo das estruturas o que limita em muito a volumetria e configuração dos edifícios, especialmente em zonas sísmicas.

Visto que em Portugal, não essas tabelas pré-definidas não se aplicam, cada projecto necessita ser dimensionado e calculado individualmente. Assim, ao recorrer a engenharia específica, essas limitações em altura são facilmente ultrapassadas.

Testes sísmicos à escala real

Devido ao baixo peso das estruturas ligeiras, as maiores plataformas vibratórias do mundo permitem testar edifícios com vários pisos à escala real. Infelizmente, o elevado peso das estruturas em betão armado tornam esse método impossível.

Nas últimas décadas do século XX foram efectuados diversos testes sísmicos a edifícios com seis ou mais pisos. Esses ensaios foram realizados em estruturas de madeira, ou wood framing, por ser o sistema mais usado nos Estados Unidos e em vários outros países do mundo. Os dados obtidos destes ensaios também foram úteis para aferir o desempenho do LSF visto que os métodos construtivos são similares. De facto, as características que conferem segurança às primeiras são também propriedade das segundas: o baixo peso e a capacidade de absorção de energia devido à articulação entre elementos estruturais. As estruturas em aço superam as de madeira no comportamento perante um sismo uma vez que contam com um material mais resistente e com conexões mais fortes.

No entanto, durante as últimas décadas, o LSF tem ganhado terreno em relação ao Wood Framing. Em 2016 foi realizado o primeiro ensaio a um edifício com seis pisos, mas desta vez com uma estrutura LSF.

Obtenha mais informações sobre os testes realizados em edifícios com estrutura em Wood Framing e em Light Steel Framing, nos seguintes artigos:

Edifícios em LSF com vários andares

Existem já vários edifícios de vários andares nos Estados Unidos, cuja estrutura é essencialmente constituída por perfis enformados a frio, usando as técnicas do LSF. Isto inclui as paredes divisórias, as coberturas e as paredes exteriores. Sendo extremamente leves e podendo receber cargas verticais, muitas destas paredes não sobrecarregam a estrutura principal do edifício. As cargas laterais podem ser absorvidas por elementos pontuais em aço laminado ou pelos núcleos em betão armado que constituem as caixas de elevador e escadas. Visto que a legislação americana estabelece limites na volumetria, este tipo de edifícios exige a elaboração de cálculo de engenharia e pormenorização. Naturalmente, em Portugal, esta necessidade aplica-se a qualquer tipo de obra.

Exemplos

Em Portugal

Em Portugal, um velho edifício com um piso térreo e um piso superior, situado na Rua da Palmeira, ao Príncipe Real, foi demolido e deu lugar a um novo imóvel integralmente construído com estrutura em perfis enformados a frio. Na verdade, trata-se do primeiro edifício construído totalmente em sistema LSF dentro da cidade de Lisboa. O edifício passou a contar com quatro pisos acima da cave. A engenharia da estrutura metálica foi fornecida pela Futureng.

Imagens no seguinte artigo:

No estrangeiro

O edifício mais alto que projectámos até ao momento possui 5 andares mais um sótão visitável. Toda a estrutura é integralmente em elementos enformados a frio. Foi a ampliação do AFRIN Prestige Hotel no centro de Maputo, capital de Moçambique. A zona exterior do hotel, onde se situava a piscina, passou a ser coberta aumentando a área útil do edifício. Foram construídos cinco novos pisos, integralmente constituídos por perfis em aço galvanizado enformados a frio, sistema usualmente conhecido por Light Steel Framing.

Imagens no seguinte artigo:

Outros exemplos

Alistamos abaixo alguns exemplos significativos das potencialidades do sistema LSF quando aplicado à construção em altura. A engenharia dos exemplos apresentados abaixo não tem a nossa intervenção.

Publicidade Google


Copyright © 2001-2022 FUTURENG. Todos os direitos reservados. A utilização deste site pressupõe a aceitação dos presentes termos e condições. Se não estiver de acordo com eles, não utilize este site.