Aço - liga metálica
Sorry, we couldn't find any images attached to this page.

Aço é uma liga metálica formada essencialmente por ferro e carbono, com percentagens deste último variáveis entre 0,008 e 2,11%. Distingue-se do ferro fundido, que também é uma liga de ferro e carbono, mas com teor de carbono entre 2,11% e 6,67%.

Costuma designar-se aço galvanizado quando este metal é revestido por uma camada de outro metal, sendo o mais comum o zinco, que protege contra a corrosão superficial e melhora o aspecto visual do produto. Este processo de protecção do aço é denominado galvanização ou zincagem (no caso de se usar o zinco).

Nota: No nosso site, a maioria das vezes onde surgem os termos "aço" ou "aço galvanizado" referimo-nos aos perfis moldados ou enformados a frio produzidos a partir de aço galvanizado. Para mais informações sobre essas peças metálicas, consulte Perfis de aço galvanizado.

Um material abundante

O aço está em toda parte na nossa vida: nos carros que conduzimos, nas casas em que moramos, nos navios, aviões e comboios que nos transportam, nas latas que abrimos, nos utensílios onde cozinhamos e com que comemos, e nos equipamentos e electrodomésticos que nos facilitam a vida. O aço é forte e leve, durável e resistente à corrosão, adaptável e completamente reciclável.

Há quase 150 anos, o aço originou a Revolução Industrial. Foi o "cavalo de ferro" e os carris de aço que ajudaram nações a estenderem as suas fronteiras. O aço é a espinha dorsal das pontes, o esqueleto dos arranha-céus e a estrutura de veículos. Hoje, no século XXI, o aço ainda revoluciona a maneira como vivemos. É a liga resistente mas mais leve que o plástico na armação dos óculos; é a estrutura durável das moradias sustentáveis e tecnicamente mais evoluídas; é o metal de alta tecnologia usada nos motores de veículos espaciais; e é a matéria-prima dos instrumentos cirúrgicos usados em blocos operatórios de todos os hospitais.

O aço usado no LSF

Peças metálicas resistentes

Os aços estruturais são aqueles que, devido à sua resistência, ductilidade e outras propriedades são adequados para uso em elementos da construção sujeitos a cargas. Os perfis e vigas deverão ser fabricados a partir de chapa de aço cuja liga possua características estruturais, conforme definidas pela legislação aplicável. Usualmente, os perfis comercializados pela Perfisa e previstos nos projectos de estabilidade da Futureng possuem uma liga definida pela sigla S280GD, ou com características de resistência mecânica idênticas ou superiores. Outras ligas, tal como o aço DX51D, podem, no entanto, ser usadas em determinadas secções da estrutura onde as exigências de resistência mecânica não sejam tão determinantes. Essa diferenciação deverá ser efectuada segundo a legislação dos Eurocódigos em vigor, após cálculos realizados por um engenheiro civil.

Estes perfis são produzidos a partir de um processo de moldagem a frio, usualmente designados por enformados a frio. Esta designação contrasta com os elementos laminados a quente, tais como as usualmente designadas vigas I (IPE) ou H (HEB). Os dois tipos de peças estruturais podem ser conjugadas na construção de edifícios com vários pisos.

Peças metálicas não resistentes

Apesar de possuírem formatos e secções semelhantes aos perfis resistentes, estas peças são produzidas a partir de chapa de aço sem características resistentes, tal como o DX51D. Usualmente possuem espessuras iguais ou inferiores a 0,6 mm, são colocados verticalmente a espaçamentos regulares e também costumam ser providos de orifícios. Estes perfis não resistentes destinam-se exclusivamente à construção de paredes divisórias interiores.

Copyright © 2003-2014 FUTURENG. Todos os direitos reservados. A utilização deste site pressupõe a aceitação dos presentes termos e condições. Se não estiver de acordo com eles, não utilize este site.