2004.Out.28 - Visão
Sorry, we couldn't find any images attached to this page.
visao-logo.gif

Artigo publicado na revista Visão de 28 de Outubro de 2004 a propósito do recente sismo ocorrido no noroeste do Japão. Apesar de não estar directamente relacionado com o LSF, destaca-se o comentário acerca do peso das moradias construídas naquele país. O baixo peso da estrutura e restantes materiais usados no sistema LSF contribuem para melhorar o desempenho destas estruturas em caso de sismos.

visao01.jpg

Japão

O país do solo tremente

Pela primeira vez desde que, há 40 anos, começou a espantar o mundo com a sua velocidade, o «comboio-bala» descarrilou. Não admira: juntamente com o desastre ferroviário ocorreram nos últimos dias muitas outras tragédias no País do Sol Nascente. Com efeito, a terra não parou de tremer durante todo o último fim-de-semana no Noroeste do arquipélago nipónico, matando dezenas de pessoas e ferindo perto de 2 mil. O sismo inicial teve epicentro em Ojiya (260 km a NO de Tóquio) e intensidade de 6,8 na escala de Richter, mas seguiram-se-lhe nada menos que 240 réplicas, algumas de forte intensidade, que não pararam de aumentar o pânico num dos países tecnologicamente mais desenvolvidos do mundo mas que vive na maldição de se localizar numa das regiões mais atreitas a abalos telúricos. Por isso mesmo as casas tradicionais são feitas de materiais leves, como madeira e papel.

Publicidade Google


Copyright © 2003-2016 FUTURENG. Todos os direitos reservados. A utilização deste site pressupõe a aceitação dos presentes termos e condições. Se não estiver de acordo com eles, não utilize este site.